Estilo da Semana: Czech Dark Lager

4 Janeiro, 2018

Esta semana retornamos à República Checa com a Czech Dark Lager (BJCP 2015: 3D). Uma lager checa maltada, rica e escura, com um carácter torrado que pode variar de quase ausente a bem proeminente. Maltada com um perfil interessante e complexo, apresentando níveis variáveis de lúpulo o que resulta num leque alargado de interpretações.

História

A cervejeira U Fleků está em laboração em Praga desde 1499. Muitas outras novas pequenas cervejeiras estão também a produzir este estilo.

Aroma

A malte de intensidade média a média-alta, rico, por vezes ligeiramente doce e com qualidades opcionais tais como crosta de broa, tostado, nozes, coca-cola, frutos secos ou caramelo. Os carácteres torrados tais como chocolate ou café doce podem variar de moderado a nenhum, mas não se devem sobrepor ao carácter base a malte. Aroma opcional a lúpulo, de intensidade baixa e a especiarias. Podem estar presentes níveis baixos a diacetilo e ésteres frutados (bagas ou ameixas).

Aparência

Cor cobre escuro a quase preta, muitas vezes com reflexos vermelhos ou a granada. Claridade limpa a brilhante. Espuma abundante presistente, de cor branco-sujo a bronzeada.

Sabor

Dominado por malte complexo, de intensidade média a media-alta, tipicamente com produtos de Maillard e uma doçura de malte residual leve a moderada. Os sabores a malte tais como caramelo, tostado, nozes, alcaçuz, frutos escuros secos, chocolate e café podem também estar presentes, de carácter torrado muito baixo a moderado. Sabor a lúpulo a especiarias pode ir de moderadamente baixo a nenhum. O amargor do lúpulo pode ser moderado a médio-baixo, mas deve ser perceptível. O equilíbrio pode variar de maltada a relativamente bem equilibrada, ou ligeiramente a tender para o lúpulo. Diacetilo baixo a moderado, podendo estar presentes ésteres a ameixas ou bagas de intensidade ligeira.

Palato

Corpo médio a médio-alto, com sensação na boca considerável sem ser pesada ou a xarope. Textura cremosa moderada. Suave. Carbonatação moderada a baixa. Pode conter uma ligeira sensação de calor do álcool nas versões mais fortes.

Comentários

Este estilo é uma combinação dos estilos checos tmavý ležák (11–12.9 °P) e tmavé speciální pivo (13–14.9 °P). Os exemplos mais modernos são mais secos e têm mais amargor, enquanto que as versões tradicionais geralmente possuem IBUs no intervalo dos 18 a 20, com um equilíbrio doce.

Ingredientes Característicos

Os mais comuns são maltes Pilsner e caramel escuro, com a adição de maltes torrados sem casca. São também apropriadas adições de malte Vienna ou Munich. Água de baixo conteúdo mineral, lúpulo do tipo Saazer, levedura checa de lager. Os ésteres frutados são tipicamente do malte e não da levedura.

Comparação de Estilos

Esta cerveja é a equivalente checa a uma lager preta com carácter de uma Munich Dunkel a uma Schwarzbier, mas tipicamente com maior riqueza a malte e carácter a lúpulo (aroma, sabor e/ou amargor).

Alguns Exemplos Comerciais

Bohemian Brewery Cherny Bock 4%, Budweiser Budvar B:Dark tmavý ležák, Devils Backbone Morana, Kout na Šumavě Koutský tmavý speciál 14°, Notch Černé Pivo, Pivovar Březnice Herold, U Fleků Flekovský tmavý 13° ležák.



Ao usar o nosso website, concorda com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies deste website estão definidas para permitir "cookies", de forma a providenciar a melhor experiência de navegação. Se continua a utilizar este website sem mudar as suas configurações de "cookies", ou carregar no botão "Aceitar" abaixo, você concorda com o uso de "cookies".

Close