Estilo da Semana: Altbier

31 Julho, 2017

Esta semana voltamos à Alemanha com a Altbier (BJCP 2015 – 7B). Uma cerveja alemã bem equilibrada, bem atenuada, amarga mas também com presença a malte, limpa e suave, de cor âmbar a cobre. O amargor encontra-se em equilíbrio com o malte rico, mas a intensidade e carácter deste pode ir de moderado a elevado (aumentando o amargor com o riqueza do malte).

História

O estilo de cerveja tradicional de Düsseldorf. “Alt” refere-se ao “velho” estilo de fabrico (ou seja, utilização de levedura de fermentação alta), que era comum antes do fabrico de lagers de baixa fermentação se popularizar. Precede a recolha e isolamento de estirpes de levedura de baixa fermentação, embora se aproxime de muitas características de cervejas lager de baixa fermentação. Muitos dos exemplos clássicos podem ser encontrados em brewpubs na Altstadt (“cidade velha”) de Düsseldorf.

Aroma

Aroma limpo mas robusto a cereal maltado rico e lúpulo apimentado, com ésteres frutados contidos (baixo a médio-baixo). O carácter a malte reflecte os maltes base Alemães, com notas ricas a pão cozido e côdea de broa tostada. O aroma a lúpulo pode varia de moderado a baixo e pode ter um carácter a pimenta, especiarias, floral ou perfumado, associado a lúpulo do tipo Saazer.

Aparência

A cor varia de âmbar claro a cobre intenso, podendo ser quase castanha; laranja-bronze é a mais comum. Claridade brilhante. Espuma densa, cremosa e duradoura, de cor branco-sujo.

Sabor

Amargor de lúpulo assertivo e bem equilibrado por um caracter a malte robusto mas limpo e nítido. A presença a mlate é moderada por atenuação média-alta a alta, mas podem permanecer sabores a cereal maltado que são ricos e complexos. Alguns ésteres frutados (especialmente semelhantes a cereja) podem sobreviver ao período de lagering. Um final duradouro, meio-seco a seco e “agridoce” ou a nozes, reflecte tanto o amargor do lúpulo como a complexidade do malte. O sabor a lúpulo a especiarias, pimenta ou floral, pode ser moderado a baixo. Sem sabores a malte torrado ou aspereza. O nível de amargor aparente é, por vezes, dissimulado pelo carácter a malte; o amargor pode parecer de baixo a moderado se o final não é muito seco. É opcional um carácter ligeiro a enxofre ou minerais.

Palato

Corpo médio. Suave. Carbonatação média a média-alta, embora possa ser mais baixa quando servida de barril. Adstringência baixa a nenhuma. Embora seja muito rica em sabor, o seu corpo é suficientemente leve para ser consumida como um cerveja “session” nos brewpubs da sua cidade natal de Düsseldorf.

Comentários

Uma cerveja de fermentação alta que passa por um período de laggering, fermentado a temperatura baixa (15 a 20 ºC), muitas vezes maturada a temperaturas de fermentação baixa (cerca de 10 ºC) e posteriormente sujeita a laggering a temperaturas frias para produzir um palato mais limpo e mais suave do que o normal da maioria das ales. A Zum Uerige é uma cerveja maravilhosa, mas muito mais agressivamente amarga e complexa do que muitos outros exemplos alemães. Pode ser considerada como algo semelhante à ESB da Fuller, da categoria strong bitter – bem conhecida por ser uma excepção estilística. Não se deve julgar todas as Altbiers como sendo clones da Zum Uerige; deve-se permitir um amargor mais equilibrado (25-35 IBU é mais típico na maioria dos exemplos alemães). As cervejas mais fortes sticke e doppelsticke não pertencem a este estilo.

Ingredientes Característicos

A carga de cereal pode variar mas consiste, normalmente, de maltes base alemães (normalmente Pils, por vezes Munich), com pequenas quantidades de maltes crystal, chocolate e/ou black para ajuste de cor. Ocasionalmente pode incluir algum trigo, incluindo trigo torrado. São tradicionais lúpulos Spalt, mas também podem ser usadas outras variedades do tipo Saazer. Levedura de ale limpa e de atenuação elevada. É tradicional ser realizada empastagem por patamares ou decocção.

Comparação de Estilos

Mais amarga e mais maltada do que as International Amber Lagers. Algo semelhante à Califórnia Common, tanto na técnica produtiva bem como no sabor e cor final, embora não nos ingredientes.

Alguns Exemplos Comerciais

Bolten Alt, Diebels Alt, Füchschen Alt, Original Schlüssel Alt, Schlösser Alt, Schumacher Alt, Uerige Altbier.



Ao usar o nosso website, concorda com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies deste website estão definidas para permitir "cookies", de forma a providenciar a melhor experiência de navegação. Se continua a utilizar este website sem mudar as suas configurações de "cookies", ou carregar no botão "Aceitar" abaixo, você concorda com o uso de "cookies".

Close