Estilo da Semana: Imperial Stout

13 Janeiro, 2017

Damos continuidade à nossa série de artigos sobre os estilos mais comuns de cerveja, desta feita com as Imperial Stout (BJCP 2015 – 20C), óptimas para estes dias frios de inverno. São cervejas ale, de sabor intenso, encorpadas, com uma gama alargada de equilíbrio entre as notas do seu sabor, bem como muitas interpretações regionais. Possuem notas a malte torrado (quase queimado), com notas bem torradas ou a frutos secos, e um final quente semi-doce. Apesar dos sabores intensos, os seus constituintes combinam-se para criar uma cerveja complexa e harmoniosa, e não uma confusão quente.

História

Um estilo com uma historia longa, embora não necessariamente contínua. As suas origens remontam às Porters fortes inglesas, elaboradas para exportação durante os anos 1700, e que se diz que eram populares entre a corte Imperial Russa. Depois das guerras Napoleónicas terem interrompido o seu comércio, estas cervejas eram cada vez mais vendidas na Inglaterra. O estilo eventualmente quase que desapareceu, até que foi popularmente abraçado pela era moderna da Cerveja Artesanal, tanto em Inglaterra com o seu renascimento, bem como nos Estados Unidos da América como uma reinterpretação ou re-imaginação do estilo através da inclusão de características Americanas.

Aroma

Rico e complexo, com quantidades variáveis de cereal torrado, malte, ésteres frutados, lúpulo e álcool. O carácter a malte torrado pode-se apresentar como café, chocolate preto ou notas ligeiramente queimadas, e podem ser de intensidade ligeira a moderadamente forte. O aroma a malte pode ser subtil a rico, similar a uma Barleywine. Pode apresentar, opcionalmente, um carácter a maltes de especialidade (por exemplo, caramelo), mas devem apenas adicionar complexidade e não dominar. Os ésteres frutados podem ser ténues a moderadamente fortes, e podem apresentar um carácter complexo a frutos escuros (por exemplo, ameixas, ameixas secas e passas). O aroma a lúpulo pode ser muito baixo a bastante agressivo e pode derivar de qualquer variedade. Pode estar presente um carácter a álcool, mas não deve ser assertivo, quente ou a solvente. As versões envelhecidas podem ter uma qualidade ligeiramente vínica ou a vinho do Porto, mas não devem ser ácidas. O equilíbrio pode variar entre qualquer dos elementos. Nem todos estes aromas possíveis necessitam de estar presentes, pois muitas interpretações são possíveis. O envelhecimento afecta a intensidade, equilíbrio e suavidade dos aromas.

Aparência

A cor pode variar de castanho-avermelhado muito escuro a preto intenso. São opacas. A espuma é intensamente bronzeada a castanho escuro, bem formada, embora a retenção possa ser baixa a moderada. O elevado teor de álcool e a sua respectiva viscosidade pode ser visível na formação de “pernas”, quando a cerveja é agitada no copo.

Sabor

Rico, profundo, complexo e frequentemente muito intenso, com quantidades variáveis de cereal torrado, malte, ésteres frutados, amargor e sabor do lúpulo, bem como álcool. Amargor médio a agressivamente elevado. Sabor a lúpulo médio-baixo a elevado (de qualquer variedade). Os sabores a malte/cereal torrado, com intensidade moderada a agressiva, podem sugerir chocolate amargo ou não adoçado, cacau e/ou café forte. Pode ser evidente um carácter ligeiro a cereal queimado, groselha queimada ou alcatrão. Os ésteres frutados podem ser ténues a intensos, e podem tomar um carácter a frutas escuras (passas, ameixas ou ameixa seca). O malte pode ser equilibrado e de suporte, a tipo barleywine e pode apresentar, opcionalmente, algum caramelo de suporte e sabores a pão ou tostados. O palato e final podem variar desde relativamente seco a moderadamente doce, normalmente com torrados e amargor do lúpulo que perduram, bem como um carácter quente. O equilíbrio e intensidade dos sabores podem ser afectados pelo envelhecimento, com alguns sabores a ficarem mais subjugados ao longo do tempo, dando lugar ao aparecimento de qualidades vínicas e tipo vinho do Porto.

Palato

Encorpadas a muito encorpadas e quase mastigáveis, com uma textura aveludada (embora o corpo possa declinar com maturação longa). Deverá estar presente uma agradável e suave sensação de calor do álcool, devendo ser notada mas não característica principal; em versões bem maturadas, o álcool pode ser enganador. Não deve ser tipo xarope ou mal atenuada. A carbonatação pode ser baixa a moderada, dependendo da idade e maturação.

Comentários

É um estilo tradicionalmente inglês, mas é actualmente muito mais popular e disponível na América, onde é um favorito da cerveja artesanal e não uma curiosidade. Existem variantes com interpretações inglesas e americanas (previsivelmente, as versões americanas possuem mais amargor, carácter a torrado e lúpulo; enquanto que as variedades inglesas reflectem um carácter a maltes de especialidade mais complexo e um perfil a ésteres frutados mais proeminente. Nem todas as Imperial Stouts possuem um carácter claramente “inglês” ou “americano”; qualquer variante entre estas duas interpretações são também possíveis, pelo que esta variedade alargada permite a máxima criatividade do cervejeiro.

Como nota, na edição de 2015 das Guidelines do BJCP actualmente em vigor, este estilo substituiu o Russian Imperial Stout (13F).

Ingredientes Característicos

Malte pale bem modificado, com quantidades generosas de malte e/ou cereal torrado. Podem apresentar uma mistura complexa de cereal, utilizando virtualmente qualquer variedade de malte. Pode ser utilizada qualquer variedade de lúpulo, sendo típica levedura americana ou inglesa.

Comparação de Estilos

Tal como uma Barleywine preta, com todas as dimensões de sabor em jogo. Mais complexa, com possibilidades mais alargadas de sabor que as Stouts.

Alguns Exemplos Comerciais

Versões americanas – Bell’s Expedition Stout, Cigar City Marshal Zhukov’s Imperial Stout, Great Divide Yeti Imperial Stout, North Coast Old Rasputin Imperial Stout, Sierra Nevada Narwhal Imperial Stout

Versões inglesas – Courage Imperial Russian Stout, Le Coq Imperial Extra Double Stout, Samuel Smith Imperial Stout



Ao usar o nosso website, concorda com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies deste website estão definidas para permitir "cookies", de forma a providenciar a melhor experiência de navegação. Se continua a utilizar este website sem mudar as suas configurações de "cookies", ou carregar no botão "Aceitar" abaixo, você concorda com o uso de "cookies".

Close