APCV Integra Primeiros 4 Micro-cervejeiros

2 Abril, 2015

APCV_Brinde_a_Cerveja

Essência D’Alma (Vadia), Os Três Cervejeiros (Sovina), Happyevasion (Rollsbeer) e Praxis-Cervejas de Coimbra (Praxis) vêm assim reforçar a associação, que até agora representava 100% do sector nacional de cerveja, à excepção das micro-empresas.

“A decisão surge no seguimento de uma tendência mundial, que tem tido como consequência o aparecimento de pequenos produtores”, explica em comunicado a associação, que já tinha demonstrado a possibilidade de abertura a pequenos produtores. Em 2014, promoveu dois workshops destinados a micro-cervejeiros e adaptou os estatutos, permitindo agora a sua integração.

Neste sentido, a APCV definiu “critérios exigentes que destacam os produtores que respeitem as boas práticas na produção e comercialização de cerveja”.

João Abecasis, Presidente da associação considera a medida “uma prova da vanguarda neste sector, projectando o futuro, antecipando-o. Todos os associados da APCV aspiram a que a Cerveja seja valorizada não só pelo seu lugar nos nossos hábitos culturais, quando bebida com moderação, mas também pelo seu papel na economia. Acreditamos que os novos associados contribuirão para trazer ainda mais variedade, sofisticação,e dinamismo ao setor”.

Os retalhistas vão ter que mudar a forma como olham para o ponto de venda, especialmente numa altura em que a mobilidade é parte integrante da vida dos consumidores e o mobile commerce apresenta um potencial de expansão. A opinião de João Girardi, general manager da VeriFone Portugal

Transcito de APCV integra primeiros 4 micro-cervejeiros

É com agrado que recebemos a notícia da integração de microcervejeiras na “liga dos grandes”, pois revela que estes estão interessados no que se faz no micro-sector cervejeiro.

Esperemos que os “critérios exigentes que destacam os produtores que respeitem as boas práticas na produção e comercialização de cerveja”, sejam implementados e fiscalizados pela APCV, ao nível da produção e sobretudo comercialização (estabilização coloidal e bacteriológica), pois sairá a ganhar é o consumidor e, em ultima instância, todo o sector.



Ao usar o nosso website, concorda com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies deste website estão definidas para permitir "cookies", de forma a providenciar a melhor experiência de navegação. Se continua a utilizar este website sem mudar as suas configurações de "cookies", ou carregar no botão "Aceitar" abaixo, você concorda com o uso de "cookies".

Close