Sobre as Análises

14 Janeiro, 2015

COPO_CERVEJA

“Não existem más cervejas. O que acontece é que umas sabem melhor do que outras”

Billy Carter

As análises realizadas pelos editores do Cervejas Magazine, pretendem ser o mais imparciais possíveis e de acordo com o estilo da cerveja em prova. Só desta forma se consegue uma avaliação fiel e imparcial do produto, tentando, sempre que possível, descartar opiniões pessoais.

São tomados cuidados na altura da prova, sendo sempre efectuadas em ambiente sem aromas de fundo e sempre longe de períodos de refeições que possam condicionar a percepção de aromas e sabores.

Por norma, são seguidas as recomendações do Beer Judge Certification Program (BJCP – http://www.bjcp.org/) ou da Brewers Association (http://www.brewersassociation.org/), para cada estilo. Nos casos de amostras que sejam de estilos híbridos, é tido em conta o estilo da cerveja base ou uma mistura das características principais. O painel de prova é composto por dois júris certificados BJCP, com os numeros E1863 e E1864.

A pontuação das análises segue as classificações do website Rate Beer (http://www.ratebeer.com/), onde também ficam alojadas as mesmas para referência, consulta futura e estatística. A pontuação de cada secção é então transformada numa escala de 1 a 10 e obtida a pontuação final.

Os parâmetros organolépticos analisados são:

Aroma

Nesta categoria avaliam-se os aromas principais do estilo em prova, incluindo aromas considerados defeito.

Aparência

Aqui são tidos em conta aspectos como a cor, turvação, bem como a espuma e a sua consistência. Importa referir que o peso desta categoria é apenas metade das restantes.

Sabor

Nesta secção serão avaliados os sabores do estilo em questão, além do amargor e sabores considerados defeito.

Palato

Aqui é analisado o corpo da cerveja, desde corpo leve a cervejas encorpadas e com consistência. É também tido em conta o nível de carbonatação para o estilo em causa, bem como percepções extra dados por outros componentes, tal como o teor alcoólico. Tal como na aparência, o peso desta categoria é apenas metade das restantes.

Geral

Finalmente, é dada a apreciação geral da amostra que consiste em avaliar a forma como todos os parâmetros acima se conjugam e de que forma traduzem o estilo avaliado.

Importa referir que as descrições de aromas e sabores presentes nas análises, traduzem as percepções e respectivas associações dos Editores.  É bastante comum que essas associações variem de pessoa para pessoa, pelo que não são regra.

No caso de análises a amostras de cerveja artesanal portuguesa, apenas serão publicadas aquelas que obtiverem pontuação mínima actual de 7 pontos em 10.

Como conclusão, pretende-se que as análises sejam encaradas sempre do ponto de vista construtivo e como ponto de partida para um eventual melhoramento de produto. Pois a única coisa que deve ser transversal e imprescindível a todas as cervejas é a qualidade.

Qualquer dúvida ou questão sobre os procedimentos, enviem-nos um email.

Abaixo ficam os links para o site RateBeer que agrega todas as análises efectuadas até ao presente pelo painel do Cerveja Magazine, para consulta:

ANALISES CERVEJA NACIONAL TODAS AS ANALISES EMAIL


Ao usar o nosso website, concorda com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies deste website estão definidas para permitir "cookies", de forma a providenciar a melhor experiência de navegação. Se continua a utilizar este website sem mudar as suas configurações de "cookies", ou carregar no botão "Aceitar" abaixo, você concorda com o uso de "cookies".

Close